Acerca deste Jornal

O Chão de Areia sempre primou pela idoneidade, pela isenção e pela pluralidade.

A variedade de artigos abrange os mais diversos assuntos, desde os simples relatos de eventos escolares, aos textos com vertentes culturais, científicas e didáticas.

Faz parte do conjunto de jornais escolares de referência, do Ministério da Educação:

http://jornaisescolares.dge.mec.pt/2015/01/13/chao-de-areia/

Qualquer leitor do jornal pode escrever acerca do que entender, desde que respeite as regras elementares de educação e bom senso.

Praticamente todos os artigos são assinados, isto é, os assuntos abordados são da responsabilidade de quem os escreve, não têm necessariamente de respeitar a opinião do editor. Esta é uma das caraterísticas da diversificada linha editorial que seguimos e que todos os editores deste jornal têm mantido, desde o início da sua publicação, em setembro de 2009.

Atingimos os 1000 artigos publicados, em março de 2014

http://chaodeareia.agml.net/2014/03/1000-artigos/

…e presentemente já ultrapassámos os 1580.

Recordamos que é sempre possível submeter comentários, sejam eles favoráveis ou não, que o editor publicará, desde que se respeitem as regras de decoro anteriormente referidas.

Assim tem acontecido desde 2009. Basta clicar no fundo, imediatamente abaixo do texto, onde está escrito: “Sem comentários” ou “1 comentário”, ou quantos houver, escrever e aguardar pela publicação, normalmente no dia seguinte.

Muitos artigos incluem imagens propositadamente desenhadas ou fotografadas para os ilustrar, pois, cada um tem de incluir, pelo menos, uma ilustração. Depois das imagens, o tempo gasto só com a edição de alguns deles chega a ser superior a 4 horas. O trabalho é contínuo e diário (sem incluir o Provérbio, diariamente publicado), mesmo não havendo novos textos todos os dias, só não trabalhamos para o jornal enquanto tratamos das aulas, planificações, avaliação e reuniões, sem esquecer, obviamente, a Direção de Turma.

Apesar de os seus antecessores de papel, desde 1991, e de muitos outros projetos escolares, terem acabado devido à falta de horas atribuídas aos professores para a sua continuidade, este jornal tem conseguido superar os constrangimentos relativos ao tempo extremamente reduzido e está mais dinâmico que nunca.

Temos a sorte de poder contar, desde há dois anos, com a participação regular de um colaborador de renome internacional, o Senhor Professor Galopim de Carvalho, a quem agradecemos o seu impagável contributo de elevada qualidade.

O Editor.

2 comentários para “Acerca deste Jornal”

  1. Ilustres responsáveis e colaboradores de sempre do Jornal Chão de Areia,

    Assinalo aqui o meu reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, visando a qualidade e o envolvimento de toda uma comunidade. Já por várias vezes utilizei o Chão de Areia em contexto de sala de aula, a propósito de artigos de excelência aí publicados. O mais recente, sobre Júlio Pomar. O que sublinha o ecletismo, a abrangência e a qualidade dos temas dos artigos selecionados.

    Com votos de que este projeto de excelência possa continuar fiel à sua linha de sempre: debatendo, refletindo, esclarecendo, divulgando e formando jovens escritores e leitores.

    Ana Bernardo
    Docente do AGML
    Presidente do Conselho Geral do Agrupamento Monte da Lua

  2. Desde 2009 em formato digital a cumprir valores fundamentais de uma sociedade democrática e plural. A escola deve na prática dos valores e da ética um referencial, um farol. Obrigado ao Chão de Areia por se manter firme na defesa da nossa identidade coletiva.

Enviar